Como é produzida a energia eólica?

Anúncio
Anúncio

E aí, galera, tudo bem? Estamos aqui em um post de tecnologia para falar da energia eólica e como ela é produzida. Sabemos que ela é feita por meio do vento, mas vamos esmiuçar um pouco mais sobre ela. Como é uma fonte de energia alternativa, é sempre bom valorizá-la. Além de ser uma fonte alternativa de energia, ela é uma energia limpa e renovável, pois temos vendo o tempo todo. É válido ressaltar que o vento nada mais é que o deslocamento de massa de ar.

Leia também: energia eólica em Sergipe

Sendo assim, a energia eólica é muito promissora e melhor dependendo do local em que é introduzida. A partir da rotação das paletas das torres eólicas, elas giram um capacitor e esse faz com que a energia potencial eólica seja transformada em energia elétrica, como é visto nessa imagem abaixo:

Anúncio
Anúncio
Resultado de imagem para energia eólica por dentro

Assim, fica um pouco mais fácil de entender o funcionamento básico de uma torre eólica. Ao contrário da energia solar, a energia eólica é mais difícil de reproduzir em ambientes domiciliares e fica a cargo de empresas mesmo. O local mais adequado para as empresas atuarem são nos litorais, pois a massa de ar se desloca com mais facilidade.

Problemas da energia eólica

Assim como qualquer outro tipo de fonte de energia, a energia eólica possui alguns problemas. O primeiro é que ocupa um grande espaço e a sua construção não é das mais fáceis. Se você já teve a oportunidade de conhecer uma estação, vai saber um pouco sobre o tamanho de uma torre.

Outro ponto bem problemático é a sua eficiência. A eficiência eólica é bem menor que a de combustíveis fósseis e nem todos os locais conseguem reproduzi-la com sucesso. Além disso, o barulho das redes são muito altos, não podendo ser construídos próximos a casas, por exemplo. Deve ser um local mais isolado.

Leia também: qual a melhor cor de lâmpada para estudar?

Anúncio
Anúncio

Contudo, a energia eólica ainda se mostra muito promissora e útil. Assim, serve como uma fonte alternativa muito boa e que pode ser associada a muitas outras, como biomassa, solar, aquática e muito mais. Então, não deixe de confiar no avanço desse tipo de energia e sempre esteja a par das novidades por aqui!

Por fim, caso tenha gostado do post, comente abaixo e deixe o seu feedback para sempre estarmos evoluindo. Desde já, agradeço por ter lido o post até o fim.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.